Como Funciona um Gerador de Energia

Neste post pretendemos lhe dar uma visão geral de como funcionam os geradores de energia. A intenção é que você consiga entender o que está acontecendo enquanto vê seu gerador funcionando, te dando noções das peças necessárias para ele gerar energia. Se você tem dúvidas de como escolher seu gerador de energia, é só clicar aqui. Também fizemos uma análise detalhada das maiores marcas de Geradores, que você encontra aqui.

Para começar nossa explicação, a primeira coisa que precisamos entender é que a receita para gerar energia é simples:

Bobi3phase-rmf-noadd-60f-airoptna + Imã (Rotor + Estator) = Indução Eletromagnética.

Mas o que é indução eletromagnética? Podemos simplificar como um movimento induzido por um motor que tem a capacidade de gerar energia elétrica. Ou seja, quando você ouvir o termo “gerador por indução”, significa que existe uma bobina + um imã gerando energia.

Gerador de Energia a Gasolina ou Diesel

Este artigo tem a intenção de trazer informações sobre os geradores de energia convencionais, destinados à residências e pequenos comércios/indústrias. Neste caso, os geradores funcionam com um motor a combustão (gasolina ou diesel) e possuem um alternador, que irá transformar a energia mecânica, ou seja, da rotação do motor, em energia elétrica.

Neste caso, o alternado possui a mesma estrutura acima, de bobina com imã. Os alternadores podem ter diferentes composições, como o cobre ou alumínio, variando no preço final dos geradores.

A diferença principal entre geradores a gasolina ou diesel (conforme já explicamos neste outro artigo), é o preço e seu consumo de combustível. Resumidamente, os geradores a gasolina têm seu preço mais baixo, porém gastam mais devido ao preço do combustível, sendo indicados para quem não pretende deixá-los ligados de maneira contínua. Enquanto os geradores a diesel são muito mais econômicos, porém com seu preço de compra maior, sendo a alternativa ideal para quem pretende deixá-los ligados continuamente.

Nosso foco aqui é explicar como os geradores residenciais funcionam, porém esse mesmo princípio pode ser aplicado em uma infinidade de outros tipos de geradores, como os alternadores dos carros, por exemplo.

Se restou alguma dúvida ou quer alguma outra explicação, deixe seu comentário abaixo.

18 Comments

  1. Marcos 9 de fevereiro de 2016 Reply
    • Blog do Empório 19 de fevereiro de 2016 Reply
  2. sandra 20 de fevereiro de 2016 Reply
    • Giovanni 22 de janeiro de 2017 Reply
  3. felix tchiquete 12 de junho de 2016 Reply
  4. marizan 9 de setembro de 2016 Reply
  5. Hosting 5 de outubro de 2016 Reply
  6. anesio carlos da silva 19 de outubro de 2016 Reply
  7. anesio carlos da silva 19 de outubro de 2016 Reply
  8. Branca 1 de novembro de 2016 Reply
    • Giovanni 22 de janeiro de 2017 Reply
  9. Jader Xavier 2 de janeiro de 2017 Reply
  10. Errivan silva 17 de janeiro de 2017 Reply
  11. Diana 29 de janeiro de 2017 Reply
  12. rodrigo 8 de fevereiro de 2017 Reply
  13. Fernando 9 de maio de 2017 Reply
  14. marcio melo 4 de julho de 2017 Reply
  15. Jayme 5 de julho de 2017 Reply

Faça seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *